domingo, 3 de março de 2013

Por que é difícil ser homem?

Esse post vai em homagem para aquelas mulheres que sempre dizem que, o homem não sofre e a parte mais difícil da vida fica para mulher, saiba agora os sofrimentos dos homens:

1)A mulher não é obrigada a se alistar ao Exército, Marinha ou Aeronáutica. Quando completei 18 anos estava trabalhando em meu primeiro emprego e estava prestando vestibular para uma universidade. Porém, ao ser convocado para o Exército tive que mudar totalmente minha rotina. Como em minha cidade existe apenas o Tiro de Guerra (o qual o atirador exerce suas atividades em um período do dia e vai embora, sem nenhuma remuneração), inicialmente tentei conciliar o mesmo em companhia de minha bibicleta com as outras atividades que vinha exercendo anteriormente. Mas logo de cara comecei a sentir o peso do cansaço, dormia no trabalho, dormia na aula e levava esporro do superior no TG. Pronto, fiquei desempregado e não passei no vestibular. Foi um ano sofrido, acredito que todos que passaram por isso nunca mais esquecerão das atividades exercidas no Exército.

2)O homem como não tem período de menstruação, e não há desculpas para seu superior no trabalho lhe conceder uma colherzinha de chá ou passar a mão em sua cabeça. Em meu trabalho, presenciei várias coisas do gênero. Uma mulher estava deprimida com TPM e não estava desempenhando suas tarefas adequadamente, meu superior solicitou para que eu fizesse as minhas e as delas, como não consegui conciliar as duas, sobrou a bronca apenas para min. Algo semelhante deve acontecer com sua irmã ou mulher.

3)Quando o homem se aproxima dos 40 anos, o mesmo deve fazer o temido exame do toque, para evitar o câncer de próstata. Muitos tentam fugir dessa situação, mas para o constrangimento dos homens e tentar evitar a doença não há outra saída para encarar isso;

4)As mulheres não precisam fazer a barba diariamente. Se o homem trabalha em uma organização formal, deve fazer diariamente a barba e muitas vezes isso pode machucar e demandar um tempo precioso.

5)A pele do homem tende a ser mais oleoso e como consequencia tende a ter mais espinhas e cravos. Isso é um trauma para o jovem e para quem começa a ter barba, pois muitas vezes pode machucar.

4 comentários:

  1. É interessante o seu ponto de vista, porém algumas coisas devem ser revisadas....
    Primeiro, mulheres não são obrigadas a entrar no exército, mas os homens que já serviram todos guardam boas recordações e sem contar que acabam "se achando" no final das contas....
    Em relação ao TPM, experimente ter cólicas e problemas emocionais... ¬¬
    As mulheres não fazem o toque.... Tem algo pior que isso.... Perguntem às mulheres de vocês como é o exame no ginecologista.....
    Não precisamos fazer barba, mas precisamos depilar TODO o corpo....
    A pele masculina é melhor do que das mulheres, (e isso foi comprovado por cientistas....) por ser mais rígido e ser menos propício a ter as famosas estrias e celulites....
    E por último, somos nós que temos que carregar filhos por nove meses, tem enjoos, e ainda tem que fazer o parto....¬¬
    Agradeçam a Deus por serem homens..... rsrsrsrs

    ResponderExcluir
  2. HAhaHa
    Fazer o que né?! já que não podemos nos recusar do alistamento militar e nem do serviço militar, o jeito é saber tirar o máximo proveito possível, apesar de se lascar legal.
    As mulheres pelo menos fazem o exame na entrada, o problema é que dos homens é na saída, isso é meio constrangedor, mas fazer o que né?! Tem que se prevenir.
    Devemos fazer a barba diariamente, pelo menos para aqueles que trabalham em uma empresa formal, isso desgasta muito a nossa pele e também machuca.
    Olha, vejo uma vantagem quando as mulheres estão grávidas, são paparicadas todo o tempo. Já quando o homem está prestando serviço militar só se ferra. HAHAHA

    Bom, vemos através do comentário acima que, como os homens são superiores as mulheres. RsRsRss É brincadeira, mas mulher tende a ser mais frágil e mais sensível que o homem mesmo, e por isso existem os homens para protege-las.

    ResponderExcluir
  3. Gabriela Ferrenha4 de junho de 2013 16:35

    Além da menstruação, cólica, gravidez, parto, amamentação, fragilidade, depilação, ginecologista, estrias e celulites, como citados no comentário da Anônima acima, venho complementar a condição da mulher de sofrer estupros recorrentes, pois para um homem é possível estuprar uma mulher, mas não tem como uma mulher estuprar um homem. A mulher nunca pode andar sozinha em locais escuros, pois corre o sério risco de ser estuprada. Muitos pais não permitem que suas filhas saiam para uma simples festinha, pois temem que com elas ocorram estupros ou que fiquem grávidas, enquanto que, para os filhos do sexo masculino o tratamento é diferente. Os pais querem mais é que eles curtam a liberdade por aí para ver se viram "machos" de verdade, sempre venerando a masculinidade do filho homem, e privando as filhas por serem menininhas frágeis. Neste quesito o homem tem mais liberdade.

    E também vale citar que, mesmo nos dias atuais, a virgindade feminina ainda é supervalorizada, o que impede as garotas de se conhecerem melhor. O tal do "hímen" é sinônimo de pureza e preservação, e a mulher que o rompe já é vista como puta, vadia, biscate, etc. (desculpa eu escrever palavrões no seu blog, mas a realidade é que é exatamente disso que elas são chamadas). Com o homem é diferente. Se ele perde a virgindade é visto como um homem crescido, que evoluiu em sua "macheza". Se faz sexo com várias mulheres é visto como "o pegador" e é sempre vangloriado por essa atitude.

    Ah, e fazer a barba todos os dias não é nada perto da depilação íntima feminina, depilação nas duas pernas e constantemente nas axilas. Você homens não precisam depilar as axilas todos os dias. E mais uma coisa: são DUAS axilas. Certo?

    ResponderExcluir
  4. hehe essa era a intenção desse artigo, provocar um pouco as mulheres. Mas fiquem sabendo mulheres, vocês tem toda a minha admiração e respeito.

    ResponderExcluir