segunda-feira, 11 de maio de 2015

A verdadeira história da Peppa

Toda criança gosta de ficar em frente de uma televisão para assistir um bom desenho animado, seja educativo ou de muita porrada, como Dragon Ball Z e afins. Percebe-se que no decorrer dos anos, os desenhos animados, considerados mais violentos, foram deixando de ser exibidos na televisão brasileira, até mesmo os consagrados Tom e Jerry e Pica Pau (primeiras versões), não são mais vistos nas programações da rede aberta.
Pra ser sincero, muitas crianças cresceram assistindo desenhos como Dragon Ball Z, Yuyu Hakusho, Pica Pau e Tom e Jerry, muitos odiavam o tema dos desenhos animados atuais.

A história da Peppa Pig
Peppa Pig é uma série animada britânica, voltada para crianças pré-escolares, criada em 2004 por Astley Baker Davies. A animação conta o dia-dia da vida de uma jovem porquinha rosa, chamada Peppa que vive com seu irmão e seus pais.
Apesar de serem animais, os personagens se comportam como humanos, como ocorre em várias outras animações.
Você pode ter uma Peppa em casa!
Peppa Pig foi traduzido em vários idiomas, fazendo muito sucesso, inclusivo no Brasil. Em terras brasileiras, o desenho foi ao ar pela primeira vez em 2011 pela Discovery kids, sendo até hoje, uma das atrações principais do canal fechado.

Por que a animação ficou famosa?
Quem diria que uma animação tão simples e inocente, conquistaria de uma forma impressionante os corações das crianças. O que as crianças vêem nessa animação de porquinhos? Será que existe alguma magia para prendê-las em frente à televisão?
A editora relata que o sucesso está associado aos acontecimentos da animação, pois muitas crianças se identificam com a história, por terem família, irem à escola e brincarem com os amigos.
Pelo sucesso da Peppa Pig, a animação já ganhou dois prêmios de melhor animação para crianças em idade pré escolar.
Vale ressaltar também que, o desenho é muito bem aceito para públicos entre a faixa etária de 6 a 11 anos.

A verdadeira história por trás das telinhas
O desenho inocente também possui algumas polêmicas:
  1.  Em vários episódios, é possível perceber que os condutores de veículos automotores não utilizam o cinto de segurança. Isso poderia gerar um incentivo ao não uso do cinto por parte das crianças. Depois de receber várias denúncias, a produtora começou a incluir o cinto nos passageiros e motoristas;
  2.  Peppa Pig também já foi acusado por apoiar o partido trabalhista do Reino Unido em 2010;
  3.  Em um episódio de 2014, a animação incentivava a amizade entre os personagens e as aranhas verdadeiras. Isso gerou uma polêmica na Austrália, pelo país ter altas variedades desses animais peçonhentos. Essa relação apresentado no desenho, poderia levar alguma criança a se acidentar e ser picado pela aranha.
Existem também rumores de que a sua criação teria uma origem macabra
Nessa história, Peppa era uma filha de fazendeiros que criavam porcos para o abate. Ela tinha como bicho estimação alguns porquinhos. Certo dia, o pai da garota teria alertado de que um dia ou outro, os porquinhos de estimação também seriam mortos para suas carnes serem comercializadas. Decepcionada com a infeliz notícia, ela teria corrido sem direção e caído acidentalmente em um moedor de carne, perdendo sua vida. Depois do acidente, o pai transtornado e abalado mentalmente, acabou tirando a vida do irmão de Peppa e a própria vida.

Confira também a Expectativa vs Realidade da Peppa!
Nessa imagem, podemos ver claramente que todos os ocupantes estão sem o cinto de segurança. Uma coisa simples, que foi suficiente para gerar polêmica.

11 comentários:

  1. Esse desenho animado é bem fofo, os desenhos dos porquinhos possuem traços simples e muito meigos, é fácil saber porque prende a atenção das crianças. E sim, é realmente importante fazer com que um desenho animado possa passar bons exemplos, por mais simples que sejam esses acontecimentos como o de colocar o cinto de segurança ao entrar no carro, por exemplo, isso já vai influenciando a criança que assiste para poder "imitar" um hábito de segurança.

    Adorei mais esse artigo! Você sempre trazendo assuntos curiosos, intrigantes, polêmicos e super interessante para todas as faixas etárias, rs! :-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu cresci vendo desenhos animados mais violentos e ainda não me tornei nenhum assassino, vândalo ou algo do gênero! rsrs
      Claro que algumas pessoas são influenciadas mais facilmente do que outras.
      Entretanto, concordo que a educação nunca seja demais. Nos desenhos animados a educação é demonstrada de uma forma divertida e natural, ou seja, é um ótimo instrumento a ser utilizado.

      Obrigado Nayara!!!!

      Excluir
  2. Nossa, eles não usam cinto de segurança. Grande coisa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Apesar do pequeno detalhe do cinto segurança parecer ser bobo, foi suficiente para receber várias críticas sobre o desenho e gerar uma polêmica. Tanto é que os produtores resolveram incluir o cinto de segurança nos passageiros, após as notificações.
      O objetivo dessa curiosidade é mostrar para os leitores, como uma simples ação pode se transformar em uma grande confusão.

      Excluir
    2. Mas alguém pode se matar sem cinto de segurança.

      Excluir
  3. Peppa é. Um desenho legal para umas crianças mas ela pode ser um perigo! Eles sem cinto ja é um inssentivo para crianças!

    ResponderExcluir
  4. Eu acho uma tremenda bobagem !pois para q as crianças usem cinto de segurança pra q servem os papais? eu não vejo nada de mais!

    ResponderExcluir
  5. Não acho q isso incentiva crianças a não usar o cinto de segurança ,depende da educação dos país prq a criança desde q nasce já tem q usar proteção no automóvel

    ResponderExcluir
  6. Este desenho e muito lixo porco tem que vira bacom e torresmo

    ResponderExcluir
  7. jÁ OUVI FALAR QUE TEM UMA VERSÃO DA PEPA QUE FAZ SEXO CO A PRÓPRIA MÃE..VERSÃO PORNOGRAFICA..

    ResponderExcluir