quarta-feira, 8 de julho de 2015

A verdadeira história dos Vampiros

O que é um Vampiro
Assim como o Lobisomem, o vampiro também é uma das criaturas folclóricas mais conhecidas do mundo. Possui também uma história lendária e cheia de mistérios.
O vampiro é uma criatura morta que a noite se reanima de seu túmulo para se "alimentar de sangue de seres vivos", algo semelhante aos zumbis.

Sua forma de sobreviver, alimentando-se de sangue, é a principal característica que tornou os vampiros famosos nas histórias em todo o mundo.

Dicas para proteção e destruição dos Vampiros
Um dos instrumentos mais conhecidos para espantar os vampiros é o alho. Outros métodos populares registrados são: sementes de mostardas, objetos sagrados e até mesmo espelhos.
Para destruir os sangue-sugas definitivamente, a decapitação e a cabeça enterrada entres as pernas, parecia ser o método mais eficaz, pois segundo tradições, dessa forma, a alma partiria mais rápida do corpo.
Outro método bastante comum, era o estaqueamento de uma madeira no coração dos defuntos.

Quando e como surgiu os Vampiros?
Desde a pré-história, na Mitologia Grega e em várias outras culturas, já existiam histórias descrevendo criaturas que bebiam sangue de seres vivos e outros comportamentos semelhantes aos vampiros atuais.
Porém, foi apenas na Idade Média, no sudeste da Europa, que o termo "vampiro" e o folclore dessas criaturas que conhecemos hoje se originou. Pois até então, em outras culturas espalhadas pelo mundo, que registraram as criaturas que consumiam o sangue e a carne viva, batizaram essas criaturas com diferentes nomes e descrições.

O primeiro registro de um homem descrito como um vampiro, foi Jure Grando, em 1672, na atual Croácia. Segundo a lenda, um aldeão teria morrido e voltado a vida, para atacar e beber o sangue dos camponeses da região. O chefe de aldeia, ordenou sua captura e execução, para isso fincou uma estaca em seu coração e o decapitou para nunca mais retornar a vida.
Depois desse episódio, entre os séculos XVII e XVIII, o estaqueamento se tornou praticamente uma atividade popular, pois vários outros casos de estacas fincadas nos corações dos mortos foram registrados e documentados em várias partes da Europa.

As histórias do famoso sangue-suga em forma de um ser humano, entrou no gosto popular apenas no século XIX, com o romance de Bram Stoker: Drácula, considerado a base da ficção moderna dos vampiros. A partir daí, várias adaptações de sucesso envolvendo vampiros foram criados, tanto no mundo dos livros quanto dos filmes.

Além de livros e filmes, os vampiros ganharam grande destaque no mundo dos jogos, principalmente no RPG, em que um de seus cenários, contam o surgimento do primeiro vampiro.
Nesse universo, o primeiro vampiro seria Caim, filho de Adão e Eva, resultado de um castigo imposto por Deus, pelo seu pecado de ter cometido o primeiro homicídio da história, matando seu irmão Abel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário