sexta-feira, 10 de junho de 2016

A verdadeira história do Dia dos Namorados

E que tal surpreender sua amada(o) ou pretendente com um presente no Dia dos Namorados!?
Todos sempre gostam de receber surpresas e presentes em datas especiais, não é verdade?
Apesar de ser uma data tão esperada, a crise econômica brasileira veio pra arrebentar com essas datas comemorativas, porém vale lembrar que existem várias formas baratas para agradar seus pretendentes, então o jeito é improvisar e não deixar passar em branco essa data tão aguardada pelos casais apaixonados.


O que é o Dia dos Namorados?
Também conhecido Dia de São Valentim ou Valentine's Day em outros países, como na terra do Tio Sam. O dia dos namorados é uma das mais importantes datas para os namorados durante o ano, o qual é comemorado a união amorosa entre namorados e casais com presentes, jantares e passeios, movimentando assim o comércio e a economia local. Ou seja, a data não é esperada apenas pelos pombinhos apaixonados, mas também por muitos comerciantes.
Tradicionalmente o famoso Valentine's Day comemora-se no dia 14 de Fevereiro e não em 12 de Junho, como ocorre no Brasil.

Em alguns países, o dia dos namorados não é um dia voltado para os casais e namorados e sim para os amigos como uma demonstração de afeição à amizade.

A verdadeira história do Dia dos Namorados
Agora que todos já sabem que o nome original dessa data não é dia dos namorados e sim Dia de São Valentim, vamos aos fatos.
Valentim é um Santo da Igreja Católica, ele foi um Bispo que exercia sua função na Antiga Roma no século I.
Ele foi executado pelo Imperador Romano Claudio II, por contrariar as exigências do imperador em proibir a celebração dos casamentos, com intuito de recrutar soldados com mais facilidades, resistentes e sem nenhum afeto sentimental que poderia abalar o psicológico em uma guerra. O Imperador defendia a tese de que homens solteiros eram mais eficazes em combates.
Apesar da proibição e antes de sua prisão, o bispo ainda continuou a celebrar casamentos em segredo, por acreditar no amor das pessoas e dar o direito dessa união sagrada aos casais, porém foi descoberto e preso. Enquanto aguardava sua sentença preso, ele recebia diversas flores e até mesmo declarações de amor em prol do matrimônio. Apesar dos protestos contra a prisão e a sentença de morte, São Valentim foi decapitado em praça pública em 14 de Fevereiro de 270, data original do Dia dos Namorados (São Valentim/Valentine's Day). Valentim então, morreu defendendo sua fé acreditando no amor.

Dia dos Namorados no Brasil
Já que a data oficial internacional do dia dos namorados é no dia 14 de Fevereiro, por qual motivo no Brasil a data é comemorada em outro dia, em 12 de Junho?! Vale lembrar que o mesmo aconteceu com o Dia dos Pais.
A explicação para essa mudança, assim como no Dia dos Pais, está relacionado ao comércio.
O dia de São Valentino não era muito popular no Brasil, até que o publicitário João Dória, trouxe para o Brasil em 1948, o chamado Dia dos Namorados para movimentar o comércio paulista, já que nesse mês, não existia nenhuma data que movimentasse o comércio local. Junto da data ele criou o slogan "não é só com beijos que se prova o amor". Para entrar no clima de romance, a data escolhida foi bem estratégica, pois antecede o dia de Santo Antônio, o famoso santo casamenteiro. Com essa sacada pra lá de genial, o publicitário ganhou o prêmio nacional de Melhor Agência Publicitária deste ano e consagrou a data como uma das mais importantes datas do comércio brasileiro.

2 comentários:

  1. Eu já vi em muitos animes abordando o Valentine´s Day... Pelo que entendi, no Japão as meninas entregam chocolate para o menino que está afim para aproveitar a data e se declarar... E o menino corresponde entregando um presente no White Day. Bem fofo não?!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente muito bonitinho, mas é bem estilo conto de fadas também né?
      A realidade atual do Brasil pelo menos é outra...fazem qualquer outra coisa antes de se presentearem.

      Excluir