quinta-feira, 18 de agosto de 2016

A verdadeira história da Arlequina

Assim como o Coringa, a verdadeira história da Arlequina também será revelada!
Conheçam a verdadeira história da Arlequina, a parceira de Coringa e uma das personagens mais marcantes do universo DC, uma história cheio de surpresas e mudanças que irá intrigar todo fã de HQ e super heróis.


Quem é Arlequina?

Arlequina é uma personagem do universo DC, geralmente vista como vilã do Batman e como cúmplice com relação um tanto amorosa com um dos maiores vilões das HQs, o Coringa.
Sua primeira aparição não foi nas HQs, e sim na série animada Batman de 1992. Inicialmente os produtores não tinham nenhum interesse de alongar a história de Arlequina, pois ela seria apenas um outro personagem qualquer de apenas uma aparição que cairia no esquecimento do público. No entanto, as reações positivas foram tanta em cima da personagem que os produtores se sentiram praticamente obrigados a produzir novos episódios e trazê-la também para as HQs.
Arlequina é uma dos personagens da DC que mais mudou de aparência durante o passar dos anos. Inicialmente sua vestimenta era uma blusa na cor preta e vermelha, que lhe dava o aspecto de palhaça sombria, porém com o tempo ela foi passando por mudanças até chegar em um ponto que seu traje fosse semelhante a de uma enfermeira, talvez para relembrar suas origens de médica no hospital psiquiátrico de Arkham.

A verdadeira história da Arlequina

Seu nome verdadeiro é Harleen Frances Quinzel, porém o nome utilizado pela personagem em inglês é Harley Quinn e em português Arlequina. Tal nome foi inspirado em um personagem dos tradicionais teatros populares chamado O Arlequim, cuja função é entreter os espectadores durante os intervalos dos espetáculos e peças teatrais com sua roupa feita de retalhos coloridos em forma de losango. A junção do nome original com a desse personagem teatral, deu origem ao nome de Harley Quiin.
O nome Harleen Frances Quinzel foi inspirado em uma atriz chamada Arleen Sorkin, que inclusive foi a primeira pessoa à dar voz a personagem Arlequina. A inspiração veio de uma antiga amizade entre o criador Paul Dini e Arleen. Na verdade a criação de Arlequina não veio apenas do nome da amiga, mas também do criador ter visto ela interpretando o bobo da corte em um episódio da série Dias de Nossas Vidas.

A esquerda está a personagem que serviu de inspiração para a criação da Arlequina

A escalada da Arlequina para o mundo do crime

Antes de se tornar companheira do Coringa, Harleen Quinzel era uma boa atleta da ginástica, tal feito fez com que ela ganhasse uma bolsa de estudos no curso de medicina na Universidade de Arkham, local onde usava todo seu charme sedutor para conseguir boas notas com os professores. Depois de formada, resolveu seguir a área da psiquiatria e começou a trabalhar no famoso hospital psiquiátrico Asilo Arkham, lugar onde todos loucos da cidade eram enviados, tais como o maior vilão do Batman, o Coringa! E justamente ele foi o paciente mais querido de Quinzel. Como ela teve uma infância infeliz, ela começou a se identificar e sentir uma atração pelo Coringa. Desse modo, Coringa começa a se aproveitar da situação, fazendo com que ela se torne uma cúmplice nas fugas de suas prisões, ela então, teria o auxiliado a fugir várias vezes do local.
Mas certo dia, depois de receber o paciente favorito desfigurado, ela se enfurece e resolve largar seu trabalho para se tornar uma vilã de vez ao lado do Coringa. Enfurecida, ela rouba uma roupa de Arlequim e resgata o Coringa do Asilo Arkham, tornado-a assim Arlequina.
O instrumento que Arlequina costuma usar nas HQs, séries animadas e games é uma marreta e não um taco de baseball como foi apresentada no filme Esquadrão Suicida.


Arlequina uma maluca Masoquista

Depois de se tornar parceira de Coringa, o relacionamento entre eles era bem conturbado, geralmente os dois viviam em pé de guerra, Coringa frequentemente espancava a pobre Arlequina, mas como uma boa masoquista, isso não fez Arlequina desistir do Coringa. Eles chegam até ter uma filha, porém ela resolve abandonar a filha enviando-a para a irmã cuidar. Nem mesmo um filho fez acalmar a relação entre eles, até que um dia, Coringa resolve expulsar Arlequina do grupo de forma extremamente violenta. Frustrada e não concordando com a decisão, Arlequina tenta mostrar seu valor ao tentar roubar uma joia preciosa do museu de Gothan. No momento do furto, coincidentemente uma outra ladra chamada Hera Venenosa estava agindo na busca de ervas e plantas tóxicas do museu. As duas então, trabalham juntas para conseguirem o feito e rapidamente se tornam amigas, a tal ponto de Hera Venenosa propor à Arlequina algumas habilidades físicas extraordinárias, tais como a imunidade contra toxinas e venenos, e no aumento de sua força e agilidade.
Hera Venenosa ficou obcecada pela Arlequina que faz de tudo para ela tentar esquecer do amor bandido que sente por Coringa. Quase sempre essa tentativa falhou, mas em alguns episódios Hera e Arlequina engatam em um relacionamento amoroso de curto prazo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário