sábado, 14 de novembro de 2015

A verdadeira história do IDH Brasileiro

Nas Divulgações recentes do Índice de Desenvolvimento Humano, o Brasil ainda continua atrás de vários países latino americanos, como o Chile e Argentina.
O IDH é a referência mundial utilizado para avaliar o desenvolvimento humano a longo prazo dos países. O índice é calculado a partir de três variáveis: vida longa e saudável, acesso ao conhecimento e um padrão de vida decente.
Apesar do governo brasileiro dizer ter investido milhares de reais na educação, por qual motivo ainda continuamos atrás desses países? Bom, existem várias hipóteses, mas algumas delas estaremos apresentando abaixo:
  1. Por mais que o  governo diz ter investido muito na educação, o Brasil ainda não incentiva a educação. Países como o Japão e Coréia do Sul, a educação é integral a muito tempo, além de tudo os próprios alunos e pais se revezam para limpeza;
  2. Os professores são mal remunerados e, muitas vezes não estão qualificados adequadamente para exercerem da melhor forma sua função;
  3. Nossa sociedade, nossa cultura, nosso jeitinho brasileiro também não coopera;
  4. A corrupção no país é outro problema, boa parte da verba a ser destinada para educação muitas vezes é desviado;
  5. Nossa infra-estrutura também requer muitos gastos, depois que Juscelino Kubitschek investiu no transporte rodoviário, um dos mais caros, comparado ao marítimo e ferroviário, boa parte dos gastos vão para manutenção dessas rodovias;
  6. O Brasil predomina a exportação de manufaturas, tais produtos requerem alto volume para arrecadar um bom retorno, ao contrário dos produtos industrializados e automatizado que agregam valor ao produto, ainda são escassos;
  7. Existem muitos programas sociais que incentivam o povo a não trabalhar e a não estudar. O Brasil, com essa Política Brasileira acaba criando apenas parasitas acomodados e bem controlados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário