quarta-feira, 21 de outubro de 2015

A verdadeira história de Silent Hill

Um dos jogos de  horror mais famoso de todos os tempos, juntamente com Resident Evil, foi Silent Hill. Em homenagem a esse clássico dos games, vamos relevar a verdadeira história desse incrível jogo, responsável de aterrorizar muitos jogadores ao redor do mundo! 

A verdadeira história de Silent Hill
Relaxem que o verdadeiro Silent Hill não possui zumbis ou coisas relacionados ao tinhoso, quase tudo de esquisito dessa cidade pode ser explicado pela ciência.

A cidade Centralia - Pensilvânia (EUA) foi fundada por Jony Mustava em 24 de Agosto de 1875, devido à fonte de economia local, a mineração de carvão. Entretanto, atualmente é uma cidade abandonada e não foi o esgotamento mineral e nenhum ataque zumbi que levou seu abandono.
O motivo está relacionado ao acidente ocorrido em 1962, que provocou um incêndio em uma das minas de carvão, o fogo devastador se espalhou pelos túneis que se estendiam por todo o subsolo, deixando a cidade em chamas até os dias de hoje. Sim é isso mesmo, após mais de meia década, o fogo ainda queima sob o solo da cidade, deixando muitas pessoas intrigadas e curiosas!!
Nesse sentido, devido aos gases tóxicos emitidos e ao calor, a cidade teve que ser abandonada, restando apenas algumas construções e suas ruas pavimentadas
esfumaçadas.

Apesar dos esforços do governo, o fogo não foi apagado. Especialistas dizem que o fogo pode queimar ainda por até 500 anos!
Por esse fato assustador e inusitado, a cidade infernal foi inspiração do famoso jogo de horror e filme Silent Hill.
E o mais estranho, ainda existem pessoas morando nessa região. De acordo com o Censo norte-americano, a população local é de 9 habitantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário