terça-feira, 13 de dezembro de 2016

A verdadeira história da Arca de Noé

Uma das passagens bíblicas mais famosas é sobre a Arca de Noé, a famosa embarcação que teria salvo os animais e a família de Noé de um dilúvio enviado por Deus, para punir a humanidade pela maldade espalhado na terra, inundando toda a terra e matando todos os outros seres vivos, para assim, depois começar uma nova vida.

O que é a Arca de Noé?

Segundo a passagem bíblica de Gênesis, Deus teria enviado uma mensagem para Noé, o descendente de Adão (o primeiro homem criado por Deus) e o único ser humano inocente e virtuoso entre o povo de seu tempo, de que estava insatisfeito e arrependido pela criação do homem. Como punição, iria destruir a humanidade e toda sua criação com um dilúvio, com exceção de Noé e sua família que tinha como um dos objetivos construir uma enorme embarcação com a ajuda de Deus para se salvarem e recomeçar uma nova humanidade, juntamente com outros animais.

Para dar proteção durante a construção, Deus teria enviado animais ferozes para sua segurança, pois além de Noé, existiam outros humanos que queriam saquear os materiais e insumos, e outros que
desejavam também a suposta salvação.
Noé e sua tripulação teria navegado durante 40 dias com chuva, o qual inundou até as mais altas montanhas e matou todos os seres vivos. Navegaram mais 150 dias até a água baixar e encontrar terra firme nas proximidades do monte Ararate, localizado atualmente na Turquia. Chegando em terras firmes, Noé e sua família teve a missão de povoar a região novamente.
O homem virtuoso teria vivido por mais de 900 anos, morrendo na décima geração de seus descendentes!

A história de Noé atravessa milênios e muitas outras tradições e religiões, tais como no Islamismo, Cristianismo e Judaísmo.

A verdadeira história da Arca de Noé

Assim como qualquer outra história que envolve um fato tão grandioso como a Arca de Noé, existem muitos céticos que questionam sua veracidade e existência.
Alguns fatos contribuem para essa desconfiança:
  1. Até o momento nenhum vestígio da Arca de Noé realmente foi encontrada no Monte Ararate ou em qualquer outro lugar do planeta. Várias expedições de busca da Arca foram feitas no Monte, porém nenhuma delas obteve sucesso. Todas as supostas localizações e destroços da embarcação encontradas anteriormente foram comprovadas que eram falsas;
  2. Apesar da história ser muito conhecido em diversas culturas, não existe nenhuma evidência de que uma inundação nessas proporções realmente teria acontecido, tal como provas da existência da Era do Gelo.
  3. Matar todos os outros seres vivos da terra realmente teria sido um solução enviado por Deus? Se for pensar, o perdão é uma das atitudes mais conhecidas de Deus. Será que a morte de todos os outros seres vivos realmente seria justificado pela insatisfação do comportamento humano na terra!? Além do mais, se o dilúvio realmente teria sido uma obra de Deus, estaria mais do que na hora de acontecer outro, pois as pessoas estão morrendo de fome pela ganância de outras, estão roubando, estão se matando, estão destruindo o planeta terra. 
Uma das teorias mais aceitas é que realmente um homem teria salvo vários animais e sua família de uma inundação local e não do mundo todo. A embarcação também não era um grande navio e sim apenas um pequeno barco.

Apesar das inúmeras discussões, pode-se afirmar que é impossível conciliar a fé com a ciência.

Um comentário:

  1. Primeiro: há sim conciliação entre ciência e fé , pois já revelaram várias evidências bíblicas cientificamente;
    Segundo: se a referência para este artigo é a Bíblia, faltou uma leitura mais cuidadosa, pois pra começar, não havia humanos querendo uma salvação pela arca, pois não acreditavam nem no dilúvio, e por isso foram pegos por ele. Inclusive, Deus é longânimo e perdoa àqueles que VERDADEIRAMENTE se arrependem dos seus maus atos;
    E terceiro: não haveria outro dilúvio pq Deus afirmou que não destruiria mais a terra por dilúvio, mas do Seu grande juízo final ninguém escapará, recebendo a justa recompensa pelos atos cometidos.
    O dia da volta de Jesus, com grande poder e glória, está mui próximo!

    ResponderExcluir