sexta-feira, 15 de agosto de 2014

A verdadeira história do Corcunda de Notre Dame

Originalmente chamado de Notre-Dame da Paris, o livro foi publicado em 1831, pelo escritor francês Victor Hugo. Como podemos notar, o próprio título da obra não citava o personagem eterno que todos conhecemos, "O Corcunda". Isso mesmo, a primeira obra, tinha o objetivo de conscientizar a população para a necessidade de se conservar a Catedral de Notre-Dame, e não centralizava o Corcunda como o principal da história. Apenas dois anos mais tarde, a obra traduzida para o inglês, foi intitulada "O Corcunda de Notre-Dame".

história conta a vida de um homem Coxo e Deformado que foi adotado pelo arcediago (encarregado, da administração de uma parte da diocese) Claudio Frollo.
O menino deficiente então, batizado de Quasímodo, enfrenta uma série de problemas por conta de um amor não correspondido por uma linda Cigana chamada Esmeralda.
Esmeralda é uma personagem cigana que representa uma beleza surreal,  que faz com que dois homens, Quasimodo e Claudio Frollo se apaixonem por ela.
Ela aparece na história, prestes a ser executada, a mando do próprio Rei francês Luis XI, acusada de feitiçaria e assassinato.
Como a França era uma país altamente xenofóbica, tal fato, contribuiu para que a pobre cigana fosse condenada a morte.


Na hora da execução de Esmeralda, Quasimodo a resgate e a leva até a Catedral, onde lá estaria temporariamente protegida, devido a lei do abrigo. No entanto, os ciganos com que ela vivia anteriormente, tentam libertá-la, mas Quasimodo a protege, atirando pedras, barras de ferro e outros objetos. Aproveitando todo esse tumulto, Claudio Frollo, tenta seduzir e fugir com Esmeralda. Frustrado com a recusa de bela Esmeralda, ele resolve entregá-la aos guardas da cidade. Os guardas então a levam novamente para e execução, na praça da Catedral.

Do alto da Catedral, Quasímodo e Frollo assistem à execução de Esmeralda sem poder fazer nada. Quasímodo, desesperado e enfurecido, atira o padre do alto da torre e desaparece para sempre. Após alguns anos, ao ser aberto o local onde Esmeralda havia sido sepultada, para a surpresa de muitos, são encontrados dois esqueletos abraçados; um deles, com uma visível deformação da espinha.

2 comentários:

  1. gostei muito esta otimo

    ResponderExcluir
  2. segundo a versão do filme de 1923, ele teria levado uma facada do padre antes de ser arremessado do alto da Catedral.

    ResponderExcluir